Existem vários tipos de ventiladores, por isso nesse artigo vamos abordar de forma mais enfática o famoso ventilador de parede.

O ventilador de parede é o modelo mais recomendado para ambientes estreitos e/ou com pouca circulação de ar.

Também é recomendado utilizar o ventilador de parede, em ambientes com o pé direito alto.

Esse modelo possui uma capacidade de ventilação superior a dos outros modelos.

Em geral, esse tipo de ventilador pode alcançar até 50 m², variando de acordo com a potência do aparelho e a velocidade em que está sendo utilizado.

Sendo assim, ao escolher seu modelo de ventilador de parede, certifique-se com o vendedor sobre a potência do vento.

Antes de instalar um ventilador de parede em seu quarto, verifique se ele emite muitos ruídos, um detalhe que pode fazer toda a diferença durante a noite.

Vale apena aposta em um modelo que combine com a sua decoração, para manter o visual do seu ambiente.

Na hora de comprar você irá se deparar com uma série de modelos disponíveis e de diferentes cores, materiais e estilos.

Lembre-se de verificar se o produto que está adquirindo possui o selo de qualidade do Inmetro.

A quantidade de pás do ventilador de parede é um dos fatores de melhor desempenho, ou seja, quanto mais pás, maior será a ventilação do ambiente.

Na hora da instalação será necessário escolher um local que permita uma abrangência considerável do ambiente.

Analise bem antes de decidir o local de instalação, além disso, recomendamos que a mesma seja feita por um eletricista, por questão de segurança.

A limpeza dos ventiladores de parede em geral, é bem simples, basta desligar o aparelho e limpar com um pano úmido com sabão neutro.

Para descobrir mais sobre as principais características e valorizar ainda mais a sua casa, acompanhe nosso blog e siga-nos do Facebook e no Instagram.